Romeu/ janeiro 16, 2021/ Outros

Iniciando no AUDIO PROFISSIONAL XI – POSICIONANDO AS CAIXAS DE SOM

Neste artigo, vou falar da LEI DOS INVERSOS DOS QUADRADOS DA DISTÂNCIA que é uma lei da física, mas que é aplicada em diversos segmentos, em fontes de calor, em acústica, em iluminação, em ondas de rádio e telefonia, em transmissão de equipamentos sem fio em geral e em muitos outros segmentos. Com base nela é que vamos calcular o melhor posicionamento do nosso sistema de som.

O Som é um fenômeno físico, que portanto, segue as leis da física e pode ser estudado com princípios matemáticos, um desses princípios é a LEI DO INVERSO DO QUADRADO DA DISTÂNCIA que é a lei da física que estuda as ondas de rádio, ondas de calor, ondas de luz e tudo o mais que se propaga através da distância e que possa ser quantificado. Por mais difícil que pareça essa lei é bem simples e amplamente conhecida por todos, só que a grande maioria das pessoas não se recorda ou não tem ciência disso, mas pode ficar tranquilo que ela é instintiva e fácio de ser compreendida.

Muitas pessoas tiveram um contato com essa lei, quando estavam cursando o segundo grau e iniciaram no estudo dos cones, quem quiser um estudo mais detalhado, pode CLICAR AQUI. Na figura 1, temos que do topo do cone até o ponto B1 temos um cone pequeno e que até o ponto B2 que tem a mesma distância, a área do cone aumenta em 4x; analogamente, se o topo do cone fosse uma caixa de som, B1 fosse a primeira pessoa e B2 fosse a ultima, o som iria se propagar em forme de cone, B1 teria um som e B2 teria um som 4x menor.

FIGURA 1

Trocando em miúdos, cada vez que dobramos a profundidade, precisamos de 4x mais potência. Como esse calculo tem a ver com o teorema de Pitágoras, seu nome surge dai.

Este

 
Share this Post