Conexões de Vídeo, Formatos e Conversões – HDMI x DVI x VGA x DisplayPort x USB

Romeu/ setembro 20, 2019/ Projeção e Vídeo

TEMPO DE LEITURA ESTIMADO: 13 MINUTOS Nos fóruns sobre vídeo, onde participo, vejo uma dúvida sempre recorrente, sobre as conexões de vídeo e os formatos suportados bem como quais as conversões são possíveis e os tipos de adaptadores. Este artigo, tem como objetivo explicar cada tipo de interface física e também as interfaces lógicas como HDMI, DVI, DVI-D, YCbCr, VGA, RCA, DisplayPort, Coaxial, DLNA, USB, BLENDER, EDGE entre outras. Primeiro, vamos entender a diferença da interface física, e da interface lógica, a camada física é composta pelos cabos e conectores, e é quem prove os detalhes das especificações mecânicas dos cabos e conectores, resistência elétrica e mecânica, impedância, distâncias de transmissão, voltagem, formatos dos conectores, pinagem de dados, modo de transmissão entre outros, prevê também as faixas de rádio usadas para transmissão sem fio, força e alcance do sinal, modulação, se será síncrona ou assíncrona, controle de fluxo, multiplexação, topologia, configuração de linha (divisão do sinal) modo de transmissão, taxa debits etc. Existe uma segunda relação, que é também física, chamada de ENLACE, que faz a correção de erro, é também a responsável por controlar o fluxo (recepção, delimitação e transmissão de quadros) e também estabelece um protocolo de comunicação entre sistemas diretamente conectados, esta camada está presente nos modelos mais atuais como DVI, DVI-D, HDMI e outros meios digitais. E a camada Lógica, que são os dados propriamente ditos, definição da resolução, taxa de atualização, frames, modo de cor, sincronização de audio e outros detalhes. Ou seja, quando falamos de transmissão ou de conversão de formatos, temos que entender, que não basta converter o formato do conector, mais também, precisamos que ambos os sistemas (transmissor, e receptor) falem um mesmo idioma. Imagine um brasileiro tentando conversar com um japonês, onde nenhum fale outro idioma além do seu nativo; dificilmente vai acontecer uma comunicação.  Um Pouco da História Os primeiros padrões de transmissão de dados de vídeo, surgem em meados de 1930, com a criação da transmissão televisiva (TV) e futuramente com a criação da televisão colorida em 1954, começaram os primeiros trabalhos de se adotar padrões de comunicação. Só para constar, a primeira televisão tinha capacidade de 24 linhas, as atuais chegam a 4320 linhas (180 vezes mais) e já temos protótipos em 2019 capazes de chegar a 8648 (8k). A primeira televisão comercial de fabricação industrial em escala foi produzida pela Telefunken e tinha uma resolução de 320×240 LxA, essa resolução durou muito tempo no mercado, e usualmente se utilizava ondas de rádio (RF) para a transmissão até os receptores na frequência VHF.  E com a invenção das cameras de video caseiras em 1975 que gravavam imagens em fitas, e podiam ser assistidas nos televisores, dos videogames também em meados de 1977, dos computadores caseiros em meados de 1980 que também usavam monitores de vídeo e cada fabricante usava um formato diferente de transmissão o que tornava muitas vezes um sistema incompatível com outro. Dessa época para cá, muito mudou e ainda mais variáveis foram sendo incluídas, além da convergência entre tecnologias além de

Read More

Dicas de Manutenção Preventiva de Equipamentos de Iluminação, Sonorização e Imagem em Teatros, Igrejas e Shows

Romeu/ janeiro 28, 2019/ Artigos Especiais, Audio Profissional, Iluminação Profissional e Arquitetural, Projeção e Vídeo/ 0 comments

TEMPO DE LEITURA ESTIMADO: 8 MINUTOS O objetivo deste artigo, é compilar as principais dicas para quem está iniciando no trabalho com artes cênicas, seja iluminação, sonorização ou projeção, afim de garantir a segurança, a economia de produtos e equipamentos, e familiarizar novos interessados com termos e práticas comuns em teatro. Incluímos também as dicas, para o pessoal que auxilia nas igrejas e que buscam se aprimorar na arte cênica, para conhecer melhor cada equipamento e sua utilização, bem como as dicas dos profissionais que trabalham com shows e teatros.

Como colaborar com a iluminação das campanhas Outubro Rosa e Novembro Azul

Romeu/ janeiro 2, 2018/ Decorações, Iluminação Profissional e Arquitetural, Projeção e Vídeo

TEMPO DE LEITURA ESTIMADO: 3 MINUTOS Neste artigo, vou explicar como preparar seus refletores para receber os filtros coloridos para decoração e para você participar das campanhas como Outubro Rosa e Novembro azul, sem ter que adquirir diversas lâmpadas ou trocar equipamentos em geral, basta você utilizar os filtros de acetato, com a cor desejada. Veja como fazer.

Guia Rápido de PROJETORES MULTIMÍDIA – Recursos e Funcionalidades

Romeu/ janeiro 2, 2018/ Projeção e Vídeo

TEMPO DE LEITURA ESTIMADO: 11 MINUTOS Se você pretende comprar um novo projetor para sala de aula, sala de reunião ou para uso em casa, a imagem projetada na tela deverá causar uma excelente impressão em seu público. Neste guia vamos apresentar as principais funcionalidades existentes e as diferenças entre diversos tipos de modelos.

Vídeo Wall – Como Funciona e Como Montar

Romeu/ janeiro 2, 2018/ Projeção e Vídeo

TEMPO DE LEITURA ESTIMADO: 8 MINUTOS Neste artigo iremos explicar um pouco sobre esta tecnologia que está revolucionando a mídia digital: o video wall. Seu funcionamento, os tipos de uso e os tipos de monitores e displays, softwares e hardwares necessários para a montagem e configuração, e as suas principais características.

Investindo Corretamente No Ramo de Eventos – Treinamento de Pessoal

Romeu/ janeiro 2, 2018/ Artigos Especiais, Audio Profissional, Iluminação Profissional e Arquitetural, Projeção e Vídeo, Treliças e Estruturas Construtivas

TEMPO DE LEITURA ESTIMADO: 6 MINUTOS Neste artigo, alertamos para os perigos e prejuízos de mão de obra não qualificada, em qualquer parte da cadeia produtiva.

Gerando Videos com Fractais, Psicodélicos e Animações para Projeção

Romeu/ dezembro 27, 2017/ Projeção e Vídeo

TEMPO DE LEITURA ESTIMADO: 7 MINUTOS Primeiramente, neste primeiro item da série vou disponibilizar os softwares necessários para que você possa utilizar um computador (mesmo aquele PC velho que está encostado) para gerar gráficos fractais (DSP) ou gráficos de som (VU) ou mesmo outras animações para projeção em televisores de plasma, projetores multimídia ou mesmo um display de led.