Romeu/ dezembro 25, 2017/ Iluminação Profissional e Arquitetural

TEMPO DE LEITURA ESTIMADO: 7 MINUTOS

A luz negra, é um tipo de lâmpada que emite uma frequência especial de luz chamada Ultra Violeta (UV), que parece iluminar os objetos de forma seletiva, acendendo alguns e apagando outros, na verdade todo objeto BRANCO reflete a luz emitida pela luz UV e alguns tipos de pigmentos, animais e fluidos corporais são também sensíveis a ela e dão a impressão de estarem iluminados.

Diversos tipos de luz negra estão presentes, sendo que existem frequências diferentes (não só para uso como efeito especial más também terapêutico, científico e germicida) e tipos de lâmpadas diferentes, os mais comuns são as fluorescentes tubulares, fluorescentes eletrônicas, berinjela (ou lampada de mercúrio) e as de luz mista (mistura de incandescente com mercúrio, sem reator) conhecidas como Beringelão. Todas possuem um funcionamento similar a suas parentes de luz branca, ou seja, ao passar energia sobre um gás é produzido fótons de luz que são em sua maioria na frequência de luz negra e são convertidos através de uma camada de pós de fosforo que quando atingido pelos fótons “fluorece” produzindo luz, a luz negra, funciona desse mesmo modo, porém, ele é tratado afim de absorver a luz branca, e liberar a luz UV na faixa que foi preparado.

O que brilha na luz negra, é tudo que contém fosforo, ou seja, seus dentes, unhas, fluidos corporais, alguns espécies animais como os escorpiões e alguns invertebrados, telas de televisão, pigmentos de tintas “fluorescentes”, tecidos e outros materiais que vão desde tintas até gel para cabelo. E objetos na cor BRANCA, pois o branco reflete todo o tipo de luz. Ah, algumas peças de roupa mesmo sem pigmentos de fosforo brilham e algumas peças de roupa parecem estar cheias de pó que brilha, isso se dá porque algumas marcas de sabão em pó utilizam o fosforo na sua composição para dar a sensação de roupa mais branca, na verdade o fosforo reage com a luz natural do ambiente dando essa sensação.

Além do uso como efeito especial, existem outros usos para a luz negra, em diferentes espectros sendo que 3 são amplamente utilizados, são eles o UV-A ou onde longa, usada em efeitos especiais e análises de materiais fotossensíveis, o UV-B ou ondas médias usado principalmente em bronzeamento artificial e analises forenses e o UV-C ou ondas curtas usada principalmente em esterilização, germicida e cirúrgica. As ondas UV-C são extremamente prejudiciais a saúde podendo causar queimaduras na pele e retina, câncer e outras doenças, as lâmpadas nessa faixa de frequência geralmente são transparentes e usadas para a filtragem de água para eliminar germes, como complemento em máquinas de esterilização de materiais cirúrgicos e alimentícios, entre outros usos, não deve ser exposta aos seres vivos em geral e jamais deve ser olhado diretamente para esta luz sobre pena de danos irreparáveis a visão.

Já a frequência média UV-B é amplamente utilizada para fins terapêuticos, para detecção de fluidos corporais misturados a outros materiais (geralmente usada em medicina legal e uso forense) e para o bronzeamento artificial. É razoavelmente segura para seres humanos, porém, não deve ser exposta a visão sobre perigo de danos, não se tem ideia exata sobre os riscos a saúde, e recomenda-se o uso somente com acompanhamento médico ou de pessoal especializado. Geralmente as lâmpadas desse tipo são brancas ou levemente azuladas ou avermelhadas e quando acesas produzem uma luz azulada ou avermelhada que podem ser usadas em aquários principalmente marinhos, e outros equipamentos.

Por fim, as mais importantes são as de frequência UV-A que servem para produzir efeito especial (mais próximas a luz visível) a detecção de tintas usadas em obras de arte, detecção de vazamentos em tubulações, dinheiro falsificado, identificação de documentos através de assinaturas visíveis a luz negra, e em frequências mais próximas a luz UV-B ou misturadas com luz UV-B são amplamente utilizadas para analises criminais pois os fluidos corporais como lagrimas, sangue, sêmen, e outros fluidos corporais produzem marcas características mesmo após lavados a olho nu.

Em uso como efeitos, existem dezenas de produtos como acessórios (óculos, perucas, anéis, colares, broches e outros), brinquedos, tecidos, bexigas, tintas, maquiagens e outras dezenas de produtos que podem produzir efeitos especiais se colocados sobre a luz negra.

[wpdevart_youtube]zahy91HXMf0[/wpdevart_youtube]
No vídeo, podemos ver uma tinta invisível, reagente a luz negra UV-A brilhando quanto excitada pela emissão de uv de uma lâmpada de 9w Fluorescente, presente na Lanterna.

[wpdevart_youtube]nXEUt6jJfPk[/wpdevart_youtube]
Neste vídeo, vemos uma apresentação de dança num teatro feito somente com peças sensíveis a luz UV-A, apresentadas sobre o efeito de uma lâmpada Beringela de 400w.

[wpdevart_youtube]vz5Jm6lM8Og[/wpdevart_youtube]
Neste vídeo, feito pelo governo de Minas Gerais, apresentando os perigos do uso de lâmpadas UV-B para bronzeamento artificial.

[wpdevart_youtube]4LyFkznQVS4[/wpdevart_youtube]
Neste ultimo vídeo, vemos um rapaz preparando e ligando uma luz UV-C usada para germicida, não recomendamos em hipótese nenhuma olhar para essa luz pois mesmo por curtos períodos de tempo ela pode causar cegueira e câncer de pele.

Outros Comentários Anteriores

Nome: francisco
Texto: Mas qual o melhor tipo?
Resposta:Para qual uso, se for para BALADA o UV-A que é o presente nas lampadas 3U, 2U e 4U e também na de 125W REATOR e 400W REATOR entre algumas outras e nos LEDs

Nome: Luis Duarte
Texto: Qual o tipo de tecido que melhor reflete a luz negra .Exemplo 100% algodão ou tecido sintético?
Resposta:Na verdade não é o tipo de fibra, e sim sua cor, o branco é uma cor que reage naturalmente a luz negra tornando-se roxo, já outras tintas podem reagir com cores específicas, ou armazenar elétrons e se tornarem luminescentes depois que a luz negra é desligada. Os tecidos sintéticos (Poliéster, Poliamida, Nylon, Rayon) para serem brancos, possuem o fio puro, já os naturais (Seda, linho, algodão, canhamo) precisam sofrer um processo chamado clareamento ou lavagem pois não são naturalmente brancos, quando esse processo ocorre com lavagem (tinturaria) e se usa um subproduto chamado DIÓXIDO DE TITÂNIO nessa lavagem, o tecido se torna extremamente sensível a luz negra; por outro lado quando o processo é o alvejamento químico e pigmentado, o tecido se torna menos sensível; Algumas marcas de sabão em pó e alvejantes sem cloro, que DEIXAM O BRANCO MAIS BRANCO, usam na composição os chamados branqueadores óticos, como o DIÓXIDO DE TITÂNIO, o que torna os tecidos de qualquer cor, lavados com eles sensíveis e com a aparência de manchados sobre luz negra.

Nome: Fernando
Texto: Lâmpada Luz Negra 250w Berinjela 220v P Soquete E-27 – é boa para balada?
Resposta:Sim, principalmente se for o modelo com uso para reator. Toda a lâmpada com reator, tem melhor efeito que a sua similar sem reator.

Nome: Gabriela
Texto: Gostaria de saber se a luz nega for usada em uma área aberta e a noite, porem pequena, tem o mesmo efeito em um lugar fechado
Resposta:Sim.

Nome: José
Texto: como posso fazer uma tinta transparente, que só é possível ver o que ta escrito com a luz negra ?
Resposta: Essa tinta, pode ser feita com corantes reagentes a uv, e solventes conforme o tipo de corante.

Nome: Tatiana
Texto: Preciso comprar luvas brancas para dar um efeito de luz negra no palco. Mas não sei qual tecido é melhor, ou só por ser branca , funcionará perfeitamente? Obrigada
Resposta:Ola, temos as luvas disponíveis para compra.

Nome: Yuri Faria
Texto: A luz negra tubular tem o mesmo efeito da que se usa em bocal, certo? E funciona para uma decoração feita com pano TNT Branco? Por ser um pano mais inferior?
Resposta:Sim, o TNT usa branqueador para a cor branca, e reage na luz negra, UV-A, presente nas lâmpadas 3U Eletrônicas e Também nas TUBULARES de 18w, 20w, 36w e 40w.

Nome: sarah
Texto: Gente me ajude! Pra dar o efeito da luz negras nos enfeites que to querendo fazer de papel e cartolina, precisar ser um papel próprio Neon ou não existe e os normais que dão efeito?
Resposta:Papel normal não reage a luz negra, tem que aplicar uma tinta invisível no papel para reagir a luz, temos de 60ml e de 500ml no site.

Nome: Barbara Lima
Texto: Preciso fazer uma decoração toda com balões brancos, num ambiente que não é totalmente fechado, será que os balões vão brilhar?
Resposta:Não vão brilhar, o LATEX da maioria dos balões não é sensível a luz negra, existe no mercado balões próprios para luz negra chamados de balões neon ou citric colors

Nome: Danielle
Texto: Tenho uma peruca sintética, queria saber se ela reage a luz negra
Resposta:Sintética, existem fibras que reagem e fibras que não, a única maneira de descobrir é colocando ela sobre a ultra-violeta, ou sabendo exatamente qual é a fibra sintética utilizada na confecção.

 
Share this Post