Romeu/ dezembro 28, 2017/ Artigos Especiais

Neste artigo, vou falar sobre algo um pouco diferente, porém, muito importante para a cultura nacional, que é o nosso folclore, que entre outros movimentos é composto pela música, festas e danças. Sendo o Brasil um país de proporções continentais, algumas festas e movimentos são mais regionais e outros abrangem maiores partes do nosso território, um fato é que o folclore brasileiro é extremamente importante para nós e também para o movimento cultural mundial, fato que nossa constituição possui 2 artigos diretamente ligados a proteção do vasto conteúdo folclórico nacional e também as suas manifestações. O ARTIGO 215, “O Estado garantirá a todos o pleno exercício dos direitos culturais e acesso às fontes da cultura nacional, e apoiará e incentivará a valorização e a difusão das manifestações culturais.” E o ARTIGO 216, “Constituem patrimônio cultural brasileiro os bens de natureza material e imaterial, tomados individualmente ou em conjunto, portadores de referência à identidade, à ação, à memória dos diferentes grupos formadores da sociedade brasileira”.

Por definição, folclore é um gênero de cultura de origem popular, constituído pelos costumes e tradições populares transmitidos de geração em geração. Pode também ser entendido como sinônimo de cultura popular e representa a identidade social de um determinado povo ou região. Não é um meio de conhecimento, e sim um patrimônio que se enraíza nos nossos mais antigos costumes e vai se adaptando conforme o contato entre distintas culturas e meios de comunicação.

O folclore brasileiro, teve inicio muito antes do próprio Brasil, em seus povos nativos e foi se misturando e recebendo influências de diversos povos e culturas que foram se unindo e se misturando a nossa cultura de raiz, produzindo materiais extremamente ricos e fonte de sobrevivência de milhares de pessoas em todo o país. É também um dos principais meios turísticos nossos, sendo considerado de extrema importância para nossa economia.

Os fatos para poderem ser considerados folclóricos devem possuir algumas características como Tradicionalidade, ou seja, serem transmitidas de geração em geração, ganhando novos fatos, sem no entanto perderem-se com o passado. Dinamicidade, serem mutáveis e adaptadas no contexto ambiental e cultural, sem perder sua originalidade. Funcionalidade, ou seja, possuir um momento histórico ou um fato para ser consolidado, devendo ser um contexto dinâmico e vivo. Aceitação Coletiva, o fato deve ser tido de forma como coletiva, praticado de forma generalizada e absorvido de maneira agradável pela cultura popular.

Algumas representações folclóricas podem ser definidas em músicas, que são simples, lentas e com origem em autores que foram desconhecidos ou criadas pelo povo de forma espontânea, estão presentes sobretudo em brincadeiras infantis, rituais religiosos, danças e festas; são exemplos de músicas folclóricas as cantigas de roda, acalantos, modinhas, cantigas de trabalho, serenatas e outras. As danças que acompanham nossas músicas são expressas em rituais folclóricos como por exemplo o samba, baião, xaxado, frevo, maracatu, tirana, quadrilha, catira, fandango e a folia de Reis e representadas em movimentos como Carnaval, Festa Junina, Festa do Rosário, Festa do Divino, Congado, Cavalhadas, Boi Bumba, Folia de Reis, Bumba-Meu-Boi, Cirandas, Senhor do Bonfim, Paixão de Cristo, Vaquejada, Carimbó, entre muitos outros.

O Brasil, é um país mundialmente conhecido por suas festas, e pela alegria de seu povo. É através da Dança, da Música e de nossas festas que expressamos nosso caráter, nosso povo, e a singularidade de nosso Brasil. Portanto, não poderíamos deixar de lado nossas raízes e deixar passar nosso conhecimento, em breve, irei falar de maneira mais detalhada sobre alguns dos movimentos aqui mostrados, formando um material mais completo sobre nossas festas e movimentos folclóricos.

 
Share this Post